Imprimir

terça-feira, 21 de abril de 2009

Dicas para Menopausa


Cerca de 30% das mulheres sentem como primeiros sintomas de menopausa, ressecamento vaginal seguido de coito doloroso, o que aumenta os riscos de infecções vaginais. Outro sintoma, além da dor durante o ato sexual, é a vontade freqüente de verter água acompanhada de dor ou ardor ao urinar. Além de tais sintomas, a mulher fica fraca, sente dores musculares, palpitações, e por aí vai...


Os ovários deixam de produzir os hormônios que controlam a menstruação entre 45 e 55 anos de idade. A primeira fase da menopausa pode iniciar entre 40 e 45 anos, com as menstruações irregulares, podendo ser fracas ou insuficientes, e/ou com poucos dias de fluxo menstrual. Isto pode ocorrer em mulheres jovens que têm tendência para menopausa precoce.


A menopausa precoce pode ocorrer por vários fatores, destacando entre eles o consumo exagerado de frango e ovos de granja ou uso de medicamentos compostos de hormônios sintéticos, o que pode provocar o aparecimento de cistos e policistos, além de cistopapiloma. As ovarites, ou seja, processos inflamatórios do ovário causados por micróbios ou blenorragia, podem, também, causar a menopausa precoce. O frango de granja é responsável, também, pelos casos de TPM (Tensão Pré-Menstrual) e histerias.



• Faça refeições equilibradas durante o dia - mínimo 4 refeições para diminuir a ansiedade e evitar longos períodos em jejum;


• Evite fazer um jantar muito volumoso. Grandes refeições antes de dormir interferem no seu sono tranqüilo;


• Evite café, refrigerantes e alimentos estimulantes. Além de interferirem na absorção do cálcio, podem aumentar sua irritabilidade, ansiedade e insônia.


• Aumente as fontes de alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, e folhas verdes, a fim de prevenir a osteoporose, NUNCA consumi-los com alimentos fontes de ferro, como as carnes;


• Aumente os alimentos fontes de Vitamina C, que melhoram as ondas de calor, como as frutas cítricas e vegetais verdes escuros;


• Aumente os alimentos fontes de selênio (castanha do Pará, aves, grãos integrais, cogumelos), que melhora o equilíbrio hormonal;


• Aumente o consumo de alimentos fontes de Vitamina B6 (peixe, aves, grãos e cereais, verduras, batata e soja), que minimizam a retenção de líquidos e aliviam os sintomas.


• Faça refeições equilibradas durante o dia - mínimo 4 refeições para diminuir a ansiedade e evitar longos períodos em jejum;


• Evite fazer um jantar muito volumoso. Grandes refeições antes de dormir interferem no seu sono tranqüilo;


• Evite café, refrigerantes e alimentos estimulantes. Além de interferirem na absorção do cálcio, podem aumentar sua irritabilidade, ansiedade e insônia


• Aumente as fontes de alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, e folhas verdes, a fim de prevenir a osteoporose, NUNCA consumi-los com alimentos fontes de ferro, como as carnes;


• Aumente os alimentos fontes de Vitamina C, que melhoram as ondas de calor, como as frutas cítricas e vegetais verdes escuros;


• Aumente os alimentos fontes de selênio (castanha do Pará, aves, grãos integrais, cogumelos), que melhora o equilíbrio hormonal;

• Aumente o consumo de alimentos fontes de Vitamina B6 (peixe, aves, grãos e cereais, verduras, batata e soja), que minimizam a retenção de líquidos e aliviam os sintomas.



o uso de alguns alimentos como abóbora, repolho, gergelim, maçã, abacaxi, mamão e melão. Um exemplo: Se a mulher tomasse, diariamente, um copo de suco de melão sem açúcar, não teria problemas de menopausa. O melão atua no organismo feminino como um poderoso fito-hormônio na reposição hormonal


Também, deve repousar 8 horas por noite; beber diariamente 6 a 8 copos de água.





IMPORTÂNCIA DO ESTRÓGENO


O estrógeno desempenha várias funções importantes em nosso organismo entre elas:


• O crescimento e desenvolvimento dos tecidos dos órgãos reprodutores e mamas.


• Responsável pelas formas corporais feminina.


• Participa do controle de temperatura corporal.


• Impede o acúmulo de colesterol nas artérias.


• É o responsável pela multiplicação das células mamárias. É justamente aqui que podem ocorrer problemas, pois se a mulher está cada vez mais exposta ao estrógeno, significa que essa multiplicação celular ocorrerá de forma mais prolongada e intensa, aumentando a possibilidade de ocorrer "erro" nesse processo, o que pode levar ao desenvolvimento de uma célula alterada e posteriormente o surgimento do tumor. Isto justifica o aumento na incidência do câncer de mama e útero entre as mulheres


.CARÊNCIA DE ESTRÓGENO


Ocorre durante a menopausa, causando sintomas extremamente incômodos à mulher que acabam interferindo no seu dia a dia em seu convívio conjugal, familiar e social. São eles:


• Ondas de calor.


• Suores noturnos.


• Diminuição da lubrificação vaginal


• Ressecamento da pele.


• Depressão.


• Osteoporose: devido a ação do estrógeno na absorção do cálcio.


• Doenças cardiovasculares: devido a ação do estrógeno na proteção do coração


TRATAMENTO REPOSIÇÃO HORMONAL:

Para suprir a carência de estrógeno, atualmente, as mulheres contam com a Terapia de Reposição Hormonal (TRH). Na prática, a maioria das mulheres não permanece na TRH por mais de três anos, devido aos efeitos colaterais como edema (inchaço), ganho de peso, alterações vasculares e hemorragias.


INGESTÃO DE SOJA:

A soja contém uma substância chamada isoflavona que apresenta uma estrutura química muito semelhante à do estrógeno humano. Por esse motivo é também chamada de fitoestrógeno. As isoflavonas possuem uma ação mais suave, de 1.000 a 100.000 vezes menor que o estrógeno, por isso quando absorvidas pelo organismo, atuam como estrógenos fracos e funcionam como reguladoras, pois são capazes de suprir a falta de estrógeno, prevenindo os problemas relacionados a esta carência (sintomas de menopausa, osteoporose, doenças cardiovasculares, etc.) e também reduzir o excesso desse hormônio, pois competem com ele pelos receptores (local de entrada) nas células. Com isso, inibem o crescimento celular e a proliferação de tumores induzidos pelo estrogênio humano.


PARA OBTER O BENEFÍCIO DA SOJA, DEVEMOS CONSUMIR ENTRE 20 E 35 G DE SOJA DIARIAMENTE. O QUE CORRESPONDE A:30-50mg de isoflavona = quantidade necessária para se obter os benefícios desta substância .


Essas substâncias são encontradas nos alimentos e podem ser incluídas na alimentação habitual como forma complementar de redução dos sintomas da menopausa. As isoflavonas são frequentemente encontradas em alimentos do grupo das leguminosas (feijões), principalmente na soja. Os lignanos vêm predominantemente em cereais integrais, castanhas e linhaça. Os flavonóides são encontrados em diversas frutas e legumes e os cumestranos estão presentes nos brotos de feijões.

Outros cuidados com a alimentação são necessários nesse período, como forma de prevenir o desenvolvimento de algumas doenças e melhorar a qualidade de vida e o bem-estar.

- Consuma pelo menos três porções diárias de leite, iogurte ou queijo, preferencialmente os com baixo teor de gordura. Esses alimentos são excelentes fontes de cálcio, nutriente importante na formação de massa óssea e que tem sua absorção diminuída na menopausa.

- Evite o consumo de alimentos fonte de cálcio associado ao de alimentos fontes de ferro como as carnes e os feijões, pois esses nutrientes competem entre si, reduzindo sua disponibilidade para o organismo, alimentos artificiais ou enlatados. Esses alimentos desequilibram todo o organismo, como também, causam cistos, policistos, miomas e tumores do útero, ovários e seios, além de prisão de prisão de ventre e hemorróidas



- Prefira os alimentos integrais (arroz, pão, macarrão) e inclua alimentos como cereais integrais e linhaça na alimentação diária.

- Recomenda-se baixo consumo de açúcar,gorduras saturadas, sal, carnes salgadas, queijos amarelos, salgadinhos e carne de porco devem ser evitados, dessa maneira, doenças degenerativas e hipertensão, ocorrem com menos freqüência nas mulheres que excluem esses alimentos de sua dieta.

- O consumo de frutas, verduras e legumes auxilia no consumo regular de fibras para o bom funcionamento intestinal, além de conter vitaminas, minerais e flavonóides (fitoesteróis).
O consumo de água também é muito importante, pois, nesse caso, a água ajuda a liberar toxinas do organismo responsáveis pelo envelhecimento da pele, e que com a diminuição da produção de hormônios, começa a ser percebido. As fibras também auxiliam a combater os sintomas da menopausa, cereais integrais (aveia e granola), derivados da soja, além de alimentos ricos em cálcio, leite desnatado, iogurtes e queijos brancos, que combatem à osteoporose


- Não consuma suplementos alimentares sem a indicação de nutricionista ou médico.

- Pratique atividade física regularmente com a orientação de um profissional. A atividade física auxilia na manutenção do peso corporal, na prevenção de doenças cardiovasculares e osteoporose, além do bem estar psicológico proporcionado pela atividade.
A alimentação equilibrada e saudável traz muitos benefícios neste período .


CONHEÇA ALGUNS DOS SINTOMAS DA MENOPAUSA:


? Ressecamento de olhos, pele, unhas e vagina.


? Falta de sono, menstruação irregular, abundante, prolongada, ou sangramento fora da época.


? Aumento de peso.? Incontinência urinária; memória fraca; perda de concentração.


? Dores musculares; obesidade ou emagrecimento, dispepsia, meteorismo, dores no baixo-ventre, artrose, descalcificação óssea (osteoporose).


? Calores repentinos, transpiração, palpitação, prisão de ventre, vertigens, oscilação de humor.


? Queda de cabelo, crescimento de pelos.


? Tristezas; depressões ou excitabilidade, sudação nervosa, dificuldades sexuais. Perturbação no sono e suores noturnos.



? Palpitações, falta de ar, problemas circulatórios, mentais etc.



Um comentário:

Ezequielda disse...

Realmente acontece tudo isso,o artigo está corretíssimo,bate com tudo que já li.Mas isso passa/ vou voltar a ser normal algum dia na minh a vida? Ezequielda-Caícó.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

el

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

br

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

pr

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina